Segundo anunciou a Ministra da Saúde de Portugal, Marta Temido, em coletiva de imprensa nesta sexta-feira (17), as novas infecções pela variante Ômicron devem alcançar 50% do total na semana do Natal e superar 80% na última semana do ano.

Complementando a estimativa da ministra, João Paulo Gomes, coordenador do estudo sobre diversidade genética do SARS-CoV-2 do Insa, advertiu que os cerca de 70 casos de Ômicron confirmados em laboratório através de sequenciamento genômico “nada têm que ver com a realidade”.

A “realidade” é a monitorização de amostras com uma “falha” no genoma do vírus detectada em alguns kits de diagnóstico de testes de PCR, "um valor preditivo muito elevado de que é o Ômicron”, explicou Gomes.

"Estimamos, com uma margem de erro relativamente pequena, que no fim do ano mais de 90% dos casos de covid-19 no país sejam causados pela variante Ômicron. Estamos a falar de uma estimativa a 15 dias”.

João Paulo Gomes disse que as estimativas são semelhantes às efetuadas no Reino Unido e na Dinamarca e que as amostragens e dados cedidos pelos laboratórios que colaboram neste estudo têm representatividade geográfica.

“Estão espalhados pelo país inteiro. Pensamos que esta estimativa esteja bastante correta”, disse o pesquisador.

Os dados são provenientes da Unilabs, da Cruz Vermelha Portuguesa e do Algarve Biomedical Center, laboratórios que usam um teste de diagnóstico PCR que permite a identificação da variante Ômicron.

Na África do Sul, os casos duplicam de um a dois dias. Na Dinamarca e no Reino Unido, dobram entre dois e três dias. Em Portugal, o Insa estima que os casos dupliquem a cada dois dias.

O Centro Europeu de Prevenção e Controle de Doenças (ECDC) prevê que a variante Ômicron deverá suceder à Delta como cepa dominante na União Europeia no início de 2022.

Esta semana, a OMS alertou que a percentagem de casos globais da variante Delta está em queda pela primeira vez desde abril, enquanto a Ômicron continua a crescer e já está presente em surtos de transmissão comunitária.

Leitura recomendada:

Veja também: