As cirurgias eletivas nos hospitais de urgência e emergência da rede do Sistema Único de Saúde (SUS) no Rio de Janeiro serão suspensas a partir do dia 7 de dezembro. Contudo, serão mantidas as cirurgias eletivas de alta complexidade, como as oncológicas, bariátricas, vasculares, ortopédicas e neurológicas.

Em nota conjunta, a Superintendência Estadual do Ministério da Saúde no Rio de Janeiro e as secretarias estadual e municipal de Saúde do Rio informam que serão abertos 214 leitos para pacientes covid-19 em sete unidades de saúde:

  • 25 leitos no Hospital Estadual Anchieta;
  • 45 no Hospital Universitário Pedro Ernesto;
  • 60 no Hospital São Francisco na Providência de Deus;
  • 25 no Hospital Universitário Clementino Fraga Filho;
  • 13 no Hospital Universitário Gaffrée e Guinle;
  • 36 no Instituto Nacional de Infectologia Evandro Chagas; e
  • 10 no Instituto Estadual de Infectologia São Sebastião.

Nas últimas 24 horas, morreram 54 pacientes de covid-19 no Estado do Rio.

* Com informações da Agência Brasil

Veja também: