Os programas de rádio na Suíça só estarão disponíveis na banda FM até o final de 2024. Bernard Maissen, vice-diretor do OFCOM, confia no acordo existente da indústria de rádio e nas disposições legais.

Segundo os estudos disponíveis para o OFCOM no final de junho de  2019, apenas 17% dos ouvintes de rádio na Suiça usam o canal de recepção FM exclusivamente.

Em dezembro de 2014, o grupo de trabalho Migração Digital (AG DigiMig) anunciou que as emissoras de rádio desejavam abandonar a transmissão FM até 2024, o mais tardar. Em 2015, a SRG e mais de 80% das estações de rádio privadas concordaram com esta decisão. Em outubro de 2017, o Conselho Federal assumiu a meta da indústria de  rádio e estabeleceu a estrutura legal para a desconexão de FM. Bernard Maissen anunciou no SwissRadioDay que as licenças de rádio FM  que expiram em dezembro de 2019 serão estendidas até 2024, com a  possibilidade de encurtar a duração, se a indústria do rádio assim o  desejar. Ao mesmo tempo, a OFCOM pretende examinar se, em áreas periféricas com  suprimento insuficiente de DAB+, estações FM individuais poderão  continuar a operar após 2024 por um período limitado.

O instituto de pesquisa GfK coleta dados a cada seis meses em nome da OFCOM e da AG DigiMig. Seus resultados mostram os suíços ouvindo uma média de 65 minutos de rádio digital por dia em 100 minutos de rádio, um aumento no uso de rádio digital de 49% no outono de 2015 para 65% na primavera de 2019. Pela primeira vez, DAB+ é sinônimo de VHF, com 35% de participação, após ganhar 12 pontos percentuais desde o outono de 2015. Os outros dois canais digitais, rádio IP e TV digital, somam 30% do uso de rádio.

Enquanto o DAB+ substituiu principalmente a FM em casa e no trabalho, os relatórios também revelam que a banda FM ainda é mais frequentemente usada no carro (56%). A OFCOM ressalta, no entanto, que a participação dos ouvintes do DAB+ no carro está aumentando.

À medida que mais e mais carros viajam nas estradas suíças, equipadas com um rádio DAB+, o uso continua a aumentar. Na primavera de 2019, dos 100 minutos de rádio ouvidos no carro, 38 minutos já eram baseados em DAB+, o que corresponde a uma duplicação da participação do DAB+.

As pesquisas também mostram que, no primeiro semestre de 2019, os suíços adquiriram cerca de 136.400 rádios DAB+ (excluindo carros). De acordo com a GfK, os consumidores suiços compraram 4,3 milhões de dispositivos DAB+ desde 2000.

* Com informações e dados da OFCOM

Veja também: