As medidas começam a valer no sábado (21) e têm duração de 15 dias.

Serão interditadas as praias do Porto da Barra, Farol da Barra, Rio Vermelho, Itapuã, Piatã e Ribeira, as mais  movimentadas da cidade.

"O objetivo é evitar que cenas como as que vimos esta semana, com praias cheias, mesmo diante das recomendações, se repitam. As pessoas precisam entender que este é um momento de restrição, e não de férias. O momento é de ficar em casa, para que juntos possamos superar essa crise de saúde pública mundial", afirmou o Prefeito ACM Neto.

O Prefeito divulgou também que pretende reduzir a frota de ônibus em até 30% e as empresas de call center e telemarketing, que empregam cerca de 20 mil pessoas em Salvador, vão alocar pelo menos 30% dos funcionários em trabalho remoto.

"Todas as medidas que estamos tomando desde o último sábado visam prevenir que o vírus se alastre rapidamente na nossa cidade. São medidas necessárias, apesar de duras, mas que visam salvar vidas, reduzindo principalmente a circulação de pessoas nas ruas", disse o Prefeito ACM Neto.

* Com informações da Agência Brasil

Veja também: