A vida e a arte de Rita Lee, de 73 anos, está representada em centenas de itens, selecionados pela artista e seu filho João Lee, entre figurinos, instrumentos e objetos pessoais. Lá estão a bateria que ela ganhou do pai ainda adolescente, o piano da década de 1920 que era da sua mãe, as guitarras usadas nos shows.

Logo na entrada, um lança perfume dos anos 50, que o pai da cantora liberava para os filhos quando o time do coração ganhava. Ao lado, um álbum de figurinhas do Peter Pan, a primeira paixão da cantora. Suspenso no teto, o figurino inspirado no personagem que Rita usou na turnê 1987/1988 e, ao fundo, o traje de Nossa Senhora Aparecida, que ela vestiu em 1995.

Os figurinos incluem uma roupa de bruxa, o vestido de casamento da época dos Mutantes, a Santa Rita de Sampa, os trajes das capas dos álbuns Fruto proibido e Lança perfume e da turnê Refestança, com Gilberto Gil. Uma roupa de presidiária usada no primeiro show após sair da prisão. Para representar a transição da Rita loura para a ruiva, a mostra exibe a bota furtada da butique Biba, em Londres.

Também estão expostos cadernos de composições, como Doce Vampiro, escritos à mão por Rita entre os anos 1970 e 1980. Em sua jornada solo, Rita colecionou sucessos como Mania de Você, Chega Mais, Lança Perfume, entre outras, até a sua aposentadoria dos palcos, em 2012, ano em que gravou o disco Reza.

“Convido você a dar uma espiada nas lembranças que minha mãe guardou dos seus 50 anos trabalhando com música por este mundo afora, quando subia no palco e dividia com o público suas peripécias, cantando e dançando. Tempos inesquecíveis, maravilhosos e divertidos”, diz João Lee.

MIS Jardim Europa
Samsung Rock Exhibition Rita Lee
Período:  de 23 de setembro a 28 de novembro de 2021
Horário: terça a domingo, das 10h às 18h
Ingressos: R$ 50 (inteira) e R$ 25 (meia)
De terça a sexta, entrada gratuita nos horários 10h, 10h30, 11h e 11h30
Endereço: Av. Europa, 158, Jd. Europa, São Paulo

Veja também: