As inscrições para o Programa Universidade Para Todos (Prouni)  do  2º semestre foram abertas nesta terça-feira (11). Para concorrer a   bolsas de estudo parciais ou integrais em instituições de ensino   privadas, é necessário entrar no site e preencher o cadastro até sexta-feira (14), às 23h59.

Para se inscrever, é necessário número de inscrição no Enem e senha

Os participantes podem escolher até duas opções de curso. Durante o  período de inscrição, o candidato pode alterar as opções. Será  considerada válida a última inscrição confirmada.

As bolsas de estudo ofertadas pelo ProUni são parciais, de 50% do  valor da mensalidade, e integrais, de 100%. As bolsas integrais são  destinadas a estudantes com renda familiar bruta per capita de até 1,5 salário mínimo. Já as bolsas parciais contemplaram os candidatos que têm renda familiar bruta per capita de até 3 salários mínimos.

Podem se inscrever candidatos que não tenham diploma de curso  superior e que tenham participado do Exame Nacional do Ensino Médio  (Enem) 2018. Além disso, os estudantes precisam ter cursado o ensino  médio completo em escola pública ou em instituição privada como bolsista  integral.

É preciso ter obtido ainda uma nota mínima de 450 pontos na média  aritmética das notas obtidas nas provas do Enem. O cálculo é feito a partir da média das notas das cinco provas do exame. O aluno não pode ter tirado zero na redação.

Também podem participar do programa estudantes com deficiência e professores da rede pública.

Nota de corte

Diariamente o sistema do Prouni calcula a nota de corte, que é a  menor nota para ficar entre os potencialmente pré-selecionados de cada  curso, com base no número de bolsas disponíveis e no total de candidatos  inscritos no curso, por modalidade de concorrência.

De acordo com o Ministério da Educação (MEC), a nota de corte é  apenas uma referência para auxiliar o candidato no monitoramento da  inscrição. Ela não é garantia de pré-seleção para a bolsa ofertada. O  sistema do Prouni não faz o cálculo em tempo real. A nota de corte é  modificada de acordo com a nota dos inscritos.

Calendário

A divulgação do resultado da primeira chamada está prevista para 18 de junho. Já a segunda chamada será no dia 2 de julho.

O candidato pré-selecionado deverá comparecer à respectiva  instituição de ensino superior para comprovação das informações no  período de 18 a 25 de junho, caso tenha sido selecionado na primeira  chamada, e de 2 a 8 de julho na segunda.

O prazo para participar da lista de espera é de 15 a 16 de julho. A lista fica disponível no site para consulta pelas instituições no dia 18 de julho.

Calendário do Prouni 2019

  • Inscrições: 11 a 14 de junho
  • Resultado da 1ª chamada: 18 de junho
  • Comprovação de informações para aprovados na 1ª chamada: 18 a 28 de junho
  • Resultado da 2ª chamada: 2 de julho
  • Comprovação de informações para aprovados na 2ª chamada: 2 a 11 de julho
  • Lista de espera: 18 de julho