As vacinas serão distribuídas em duas remessas de 500 mil doses, atendendo a primeira e a segunda inoculação que cada pessoa deverá receber para prevenção da doença covid-19, causada pelo coronavírus SARS-CoV-2.

Os frascos poderão ser armazenados entre -25ºC e -15ºC no máximo por 14 dias.

Mantida em geladeiras comuns, em temperaturas entre 2ºC e 8ºC, a vacina permanece estável por 5 dias. Aberto o frasco, o imunizante deve ser aplicado em até 6 horas e descartado após esse período.

O Ministro da Saúde Marcelo Queiroga disse que está garantida a entrega de 15,5 milhões de doses da vacina da Pfizer-BioNTech no primeiro semestre, de um total de 100 milhões de doses encomendadas para 2021.

Atualização 30/04

As vacinas serão distribuídas na próxima segunda-feira, dia 3 de maio. A expectativa era que o imunizante já chegasse às capitais entre esta sexta e amanhã, como o próprio governo anunciou. Entretanto, os gestores da Saúde resolveram adiar por precaução de problemas logísticos.

Atualização 05/05

Cerca de 630 mil doses da vacina Comirnaty chegarão nesta quinta-feira (5) ao Brasil.

A nova remessa, vinda dos Estados Unidos, faz parte do calendário do mês de maio que fechará com 2,5 milhões de doses da Pfizer.

Veja também: