Foram construídos 13 postos de enfermagem, um para cada grupo de 30 leitos.

O hospital de campanha do Riocentro é o maior da rede pública, com 16,5 mil metros quadrados de pavilhão e 13 mil metros quadrados de área construída.

O investimento inicial para a construção do hospital foi de R$ 10 milhões, excluindo os recursos destinados à operação e manutenção.

Toda a parte de equipamento médico e pessoal será fornecido pela Secretaria Municipal de Saúde. Equipamentos e materiais comprados na China serão transportados para o Rio pela Força Aérea Brasileira (FAB) no final do mês.

A Prefeitura já iniciou a contratação de médicos, enfermeiros, técnicos de enfermagem e agentes de apoio.

O hospital do Riocentro entrará em funcionamento apenas quando o Hospital Ronaldo Gazolla chegar a 70% de ocupação dos seus 380 leitos.

* Com dados e informações da Agência Brasil e da Prefeitura Municipal do Rio de Janeiro

Veja também: