Em agosto, o emprego formal aumentou em +121.387 postos, o melhor resultado para o período em 6 anos, com 1.382.407 admissões e 1.261.020 demissões.

No acumulado de janeiro a agosto de 2019, o saldo do Caged foi positivo  em 593.467 vagas, o melhor desempenho para o período desde 2014.  

Na modalidade de trabalho intermitente, foram 12.929 contratações e 6.356 desligamentos, saldo de +6.573 empregos.

Em regime de tempo parcial, foram 7.804 admissões e 5.154 demissões, saldo de +2.650 empregos.

Lidera o número de empregos gerados a área de Serviços (+61.730 postos),  seguida por Comércio (+23.626), Indústria de Transformação (+19.517) e Construção (+17.306).

Todas as cinco macrorregiões do país registraram saldo positivo de  emprego em agosto. No Sudeste, foram criados +51.382 empregos,  seguido por Nordeste (+34.697), Sul (+13.267), Centro-Oeste (+11.431) e  Norte (+10.610).

O Presidente Jair Bolsonaro comentou os dados do Caged: "o Brasil segue se recuperando".

* Com dados do CAGED

Veja também: