Apresentado por 26 atores acompanhados de 10 músicos, o musical é estrelado pelo veterano Beto Sargentelli, interpretando Tomás.

“Estou tendo o privilégio de dar vida a um personagem pela primeira vez, de originar um papel no mundo, e isso é muito especial. Tomás me leva a um grande desafio como ator, na interpretação, por ser extremamente dramático, o que exige muitas potencialidades ao explorar várias nuances, e também vocalmente. Estou ansioso para mostrar esse trabalho, que é diferente de tudo que já fiz, seguindo a linha do que busco na minha carreira, através de construções genuínas e com olhares fora do comum. Acho que esse velejador agregará muito na minha jornada”, conta Sargentelli, que partilha do elo espiritual e da paixão pelo mar com o herói da trama.

Nautopia é uma saga familiar que narra o retorno do navegador Tomás à sua terra de origem – uma pequena comunidade no Vale da Utopia, no litoral de Santa Catarina – três anos após sua partida.

Ainda jovem, Tomás herdou de seu pai um barco e um sonho: dar a volta ao mundo a bordo do veleiro Zênite. Porém, o sentimento de culpa após o misterioso desaparecimento de sua irmã Clara o leva ao exílio na cidade de Paraty (RJ). Ali ele se envolve com a mergulhadora Iara, uma mulher disposta a abraçar seus sonhos utópicos de um novo futuro, apesar da incerteza acerca da verdadeira história do navegador.

Ao receber a notícia sobre a doença de seu padrinho e pai de criação, e perceber a possibilidade de reencontrar seu amor de infância – a obstinada Selena – Tomás quebra seu silêncio e decide retornar ao Vale da Utopia.

Passado e presente se confrontam, trazendo à tona segredos e a real natureza dos acontecimentos – e dos sonhos – de Tomás e de sua comunidade.

Nautopia é o sétimo musical escrito pelo autor, compositor, performer e produtor paulistano Daniel Salve. Ele assina o texto, o score original (com 24 composições inéditas) e a direção geral da montagem. A direção musical é de Diego Salles.

“Hoje me sinto mais maduro para contar essa história. Penso que todos os outros projetos que já fiz serviram como um treinamento para trazer ao público essa narrativa tão complexa, que passou por um processo minucioso de cinco anos de pesquisa e desenvolvimento. Ao longo de oficinas, laboratórios e workshops, eu passei a investigar as relações humanas dessa comunidade fictícia estabelecida no litoral de Santa Catarina, encontrando pouco a pouco a trama que queria se apresentar”, explica Daniel, que reitera o desafio atual: “como falar sobre utopias em tempos de distopia?”.

Projeto independente

O espetáculo é a primeira obra de temporada a se apresentar no Teatro B32, inaugurado em novembro de 2021 e que desde então vem recebendo eventos pontuais.

“O B32 se tornou um grande parceiro na realização desse projeto totalmente independente, sem uso de leis de incentivo ou editais. Estamos seguindo um caminho desafiador, mas que permite acreditar que formas alternativas de produção são possíveis e podem abrir caminhos para que mais projetos autorais e independentes possam surgir no cenário cultural”, disse Alexandre Bissoli, sócio do projeto e diretor de produção do espetáculo.

Elenco

O elenco traz os “Filhos do Vale”, representados por Beto Sargentelli (Tomás), Sofia Savietto (Clara), Eline Porto (Selena), Gabriel Camillo (Tadeu), José Diaz (Elias), Bia Anjinho (Isabel) e Yudchi Taniguti (Cauã); e “Os Pioneiros”, composto por Jonathas Joba (Rocha), Aurora Dias (Lúcia), Neusa Romano (Zara), Max Grácio (João), Nani Porto (Fátima), Bruno Vaz (Jovem Rocha), Elá Marinho (Jovem Zara) e Dara Galvão (Jovem Lúcia). Completam o elenco Luana Zehnun (Iara), Nina Vettá (Helô) e Rafael de Castro (Zarolho), Mau Alves, Bel Nobre, Daniella Biancalana, Alessandro Balbi, Gabriela Gonzales, Daruã Góes, Dalia Halegua e Henrique de Paula.

Teatro B32
Nautopia
Classificação etária: 12 anos
Duração: 3 horas, com intervalo
Temporada: 1º de abril a 29 de maio de 2022
Sessões: sextas, 20h30; sábados, 16h e 20h30; domingos, 19h
Endereço: Avenida Brigadeiro Faria Lima 3732, Itaim Bibi, São Paulo/SP
Ingressos: a partir de R$ 50 (meia) a R$ 220 (inteira)