Para pedir a renegociação, os estudantes precisam ter firmado o contrato  com o Fies até o segundo semestre de 2017; estar com as parcelas atrasadas em, no mínimo, 90 dias; e ter contratos em fase de amortização.

Além disso, os contratos não podem ser objeto de ação judicial. A depender do tipo contrato, a renegociação também poderá ser feita pelo prazo de amortização.

Para regularizar a situação, os interessados devem procurar a  instituição bancária onde o contrato foi assinado. O valor da parcela  resultante da renegociação não pode ser inferior a R$ 200. Há ainda a parcela de entrada. O estudante deve pagar 10% da dívida consolidada vencida ou R$ 1.000.