Sob curadoria de Jeison Lopes Pereira e João Paulo Berto, treze conjuntos de presépios em papel machê estarão em exibição no espaço expositivo da Sala MAS/Metrô – Estação Tiradentes até 9 de janeiro de 2022.

Buscando dar materialidade a cenários e figuras da Idade Média às vanguardas contemporâneas, os presépios de Madalena Marques levam a um passeio pela história da arte utilizando a cena da Natividade como tema central.

Pinturas dos mestres Conrad Von Soest, Carl Spitzweg, Peter Paul Rubens, Petrus Christus, Paul Gauguin, Arthur Hughes, Lorenzo Lotto, Frederico Fiori Barocci, Lorenzo Costa (O Velho), Sandro Botticelli, Giorgio de Chirico e do brasileiro José Teófilo de Jesus, são referências para as criações tridimensionais de Madalena.

Inquieta, a artista ainda presenteia o público com um presépio onde insere o tema no cenário atual de riscos e restrições, sem perder a esperança em dias melhores.

“Ao escolher trabalhar com presépios em um ano atípico de pandemia, pude experienciar os valores essenciais da vida: da família, do amor que renasce a cada dia, da união fraterna e do papel da espiritualidade na harmonização das questões humanas. Seja inspirada nas obras dos grandes mestres ou em minha própria versão da cena do nascimento de Jesus Cristo, foram tais aspectos que busquei trazer em cada grupo escultórico. Certa de que é na fraternidade, na abnegação e na humildade que iremos construir uma sociedade melhor, mais justa e igual”, explicou Madalena Marques, em texto do catálogo da exposição.

Sala MAS Metrô na Estação Tiradentes (Linha 1-Azul)
Nasceu o Menino - A Natividade em Papel Machê
Data: de 27 de novembro de 2021 a 9 de janeiro de 2022
Horário: terça a domingo, das 11h às 17h
Endereço: Estação Tiradentes do Metrô de São Paulo
Ingressos: acesso gratuito aos usuários do Metrô

Leitura recomendada:

Veja também: