O governo iraniano tem feito todos os esforços para recuperar a participação do Irã no mercado de petróleo e para aumentá-la, disse Mohsen Khojasteh Mehr, CEO da NIOC, à IRNA.

A posição do Irã em fornecer petróleo ao mundo é especial, disse, acrescentando que as refinarias europeias estão confiantes de que o Irã é um fornecedor sustentável de energia.

"No NIOC, estamos prontos para atender às necessidades das empresas europeias, juntamente com outras empresas", observou.

O Irã está totalmente preparado para fornecer o que o mercado quiser do petróleo iraniano, enfatizou Khojasteh Mehr.

A indústria petrolífera do Irã e suas exportações estão sob sanções unilaterais dos Estados Unidos desde o verão de 2018, depois que o ex-presidente Donald Trump retirou Washington do acordo nuclear de 2015 e restabeleceu novas sanções contra o país.

Atualização 04/04/2022

Os Estados Unidos aumentaram suas compras de petróleo russo em 43% entre 19 e 25 de março, de acordo com dados da Administração de Informações sobre Energia (EIA). Apesar da proibição da Casa Branca de importações de energia da Rússia, os EUA continuam a comprar até 100.000 barris de petróleo russo por dia.

Veja também: