O IDP de agosto é resultado de ingressos líquidos de US$ 1,6 bilhão em participação no capital e saídas líquidas de US$ 130 milhões em operações intercompanhia.

Nos doze meses encerrados em agosto de 2020, o IDP totalizou US$ 54,5 bilhões, correspondendo a 3,51% do PIB, em comparação a US$ 62,6 bilhões (3,94% do PIB) em julho. Fonte: Banco Central
Nos doze meses encerrados em agosto de 2020, o IDP totalizou US$ 54,5 bilhões, correspondendo a 3,51% do PIB, em comparação a US$ 62,6 bilhões (3,94% do PIB) em julho. Fonte: Banco Central

No acumulado de 12 meses, os investimentos no país foram de US$ 54,5 bilhões, o menor resultado desde agosto de 2010.

Na estimativa para setembro, o acumulado deve cair para US$ 50 bilhões.

IDE

Em agosto, a exemplo do observado no mês anterior, os fluxos líquidos de investimentos diretos no exterior (IDE) somaram aplicações líquidas de US$ 1,0 bilhão, ante desinvestimentos ocorridos de fevereiro a junho.

Fonte: Banco Central
Fonte: Banco Central

No acumulado do ano até agosto, os regressos líquidos somaram US$ 18,5 bilhões, em comparação a aplicações líquidas de US$ 13,9 bilhões em período correspondente do ano anterior.

Investimento em Carteira

No mês de agosto, ocorreram ingressos líquidos de US$ 2,3 bilhões em instrumentos de portfólio negociados no mercado doméstico, compostos por US$ 300 milhões em ações e fundos de investimento e US$ 2,0 bilhões em títulos de dívida.

Fonte: Banco Central
Fonte: Banco Central

Nos oito primeiros meses do ano, houve saídas líquidas de US$ 28,3 bilhões, ante ingressos líquidos de US$ 7,5 bilhões no mesmo período do ano anterior.

Nos doze bmeses encerrados em agosto, a saída líquida de investimento em portfólio no mercado doméstico somou US$ 43,4 bilhões.

Reservas internacionais

O estoque de reservas internacionais atingiu US$ 356,1 bilhões em agosto, aumento de US$ 1,4 bilhão em comparação ao mês anterior. A receita de juros contribuiu para o aumento do estoque de reservas internacionais em US$ 416 milhões. As variações por paridades e por preço elevaram o estoque, respectivamente, em US$ 516 milhões e US$ 146 milhões. Adicionalmente, o resultado líquido positivo de US$ 210 milhões nos diferentes instrumentos de intervenção no mercado de câmbio – US$ 2,0 bilhões de retornos líquidos em linhas com recompra e US$ 1,8 bilhão de vendas à vista – elevou o estoque de reservas internacionais.

* Com informações do Banco Central do Brasil

Leitura recomendada: