Milhares de pessoas foram multadas na Suíça por estarem a menos de dois metros de distância. Contudo, sem comunicar amplamente a decisão, desde o último fim de semana o governo suspendeu as multas.

Logo após a decretação do lockdown nacional, a polícia começou a emitir "multas por má conduta" no espaço público.

Foi uma das intervenções mais fortes do Conselho Federal na vida cotidiana de muitos moradores do país: em 20 de março de 2020, ele ordenou uma distância de segurança de dois metros entre pessoas, proibiu grupos de mais de 5 pessoas mover-se ou reunir-se em parques, praças ou áreas para pedestres e estipulou multa de 100 francos (US$ 104) nos casos de violação.

O Conselho anteriomente havia recomendado manter a distância, mas a orientação "não foi seguida de maneira consistente".

Segundo o Tages Anzeiger, reuniões privadas que cumpram normas estabelecidas para a pandemia também estarão livres de multas.

A Suíça vem gradualmente diminuindo as restrições desde o final de abril – salões de beleza, lojas não essenciais, bares e restaurantes já voltaram a funcionar.

A partir de sábado (6), a Suíça planeja reabrir boates, piscinas públicas e permitir reuniões públicas de até 300 pessoas, como parte do levantamento de restrições. Além disso, a temporada de futebol será retomada a partir da próxima semana.

* Com informações do Tages Anzeiger

Leitura recomendada:

Veja também: