O lote de 1.273 km que será leiloado é composto por trechos de 12 rodovias, que cortam 62 municípios de leste a oeste do estado de São Paulo.

A concessão Piracicaba-Panorama prevê R$ 14 bilhões em obras ao  longo de 30 anos de contrato.  Entre as intervenções previstas estão 600 quilômetros de duplicações e novas pistas, 23 quilômetros de vias marginais e 533 quilômetros de novas  faixas.

“ Temos apresentado o projeto para investidores e, agora, focamos nos europeus. São Paulo tem expertise em concessões  rodoviárias, marcos regulatórios consolidados e oferece segurança para  os investidores. Vamos gastar sola de sapato para vender nosso projeto”,  afirmou o Vice-Governador Rodrigo Garcia.

As reuniões da comitiva paulista no exterior serão feitas em Londres, Roma, Madri, Milão e Lisboa. Integram a delegação, a Subsecretária de Parcerias, Tarcila Reis Jordão, e o Diretor-Presidente da Artesp  (Agência Reguladora dos Transportes), Giovanni Pengue. As reuniões focadas na concessão Piracicaba-Panorama contam com o apoio de integrantes da IFC, braço de consultoria do Banco Mundial.

Em Londres, Rodrigo Garcia apresentará 21 projetos ao empresariado britânico.

Atualmente, o Estado tem 21 projetos de Parcerias Público-Privadas  (PPPs) e concessões em andamento. Os projetos devem trazer cerca de R$ 40 bilhões para os cofres de São Paulo.

Na terça-feira (17), a delegação terá encontros com empresários em Roma. Em Madri, as reuniões ocorrerão na quarta (18) e quinta-feira (19). Na sexta-feira (20), os projetos serão apresentados em Milão e Lisboa.

Japão

O Governador João Doria embarcou ontem (15) para o Japão. Entre os dias 17 a 20, Doria vai participar de atividades em Tóquio e Nagoya. A expectativa é de anúncios de novas oportunidades e negócios com a ampliação de relações comerciais.

O Governador viaja ao Japão acompanhado pelo Presidente da InvestSP, Wilson Mello, e pelos Secretários de Relações Internacionais, Julio Serson; da Fazenda e Planejamento, Henrique Meirelles; e da Agricultura e Abastecimento, Gustavo Junqueira.

“É uma missão específica de atração de novos investimentos e geração  de empregos. O principal encontro será com a Toyota, que tem duas  fábricas no Estado, no qual vamos anunciar um novo investimento, um novo veículo e novos empregos em uma das unidades de São Paulo”, disse Doria.

A primeira agenda do Governador será com o  vice-presidente da Agência Internacional de Cooperação Japonesa, Koshikawa Kazuhiko, em  Tóquio. Em seguida, Doria se reúne com representantes do Japan Bank for International Cooperation (JBIC) para tratar de financiamentos de projetos prioritários do Governo de São Paulo. Doria ainda terá agenda com a Governadora de Tóquio, Yuriko Kokye, para falar sobre ampliação da cooperação bilateral.

Ainda na terça, ao final do dia, Doria se reúne com representantes da SOJITZ Corporation, conglomerado japonês que atua em diversos ramos industriais, para atrair investimentos para os polos de desenvolvimento econômico.

Desde maio, o Governo do Estado inaugurou 12 polos de desenvolvimento, criados para incentivar o aumento da produtividade da indústria e incentivar políticas para setores produtivos determinados em uma mesma região geográfica.

Na quarta (18), o Governador terá um café  da manhã com investidores locais da área de infraestrutura, em Tóquio. O  Embaixador do Brasil no Japão, Eduardo Saboia, acompanhará Doria na  apresentação do Plano de Desestatização do Governo de São Paulo.

Ao longo do dia, a delegação paulista cumpre mais quatro  compromissos, a começar com a reunião com Tatsuo Yasunaga, CEO da  trading japonesa Mitsui & Co, para debater possibilidades da  expansão de investimentos da empresa em São Paulo.

No mesmo dia,  Doria tem um almoço com o Embaixador do Brasil no Japão e, na sequência,  encontra-se com o Vice-Presidente da NEC Corporation, Masakazu Yamashina. O dia termina com um jantar com o  Presidente da Toyota Brasil, Rafael Chang, e executivos da empresa.

Na quinta-feira (19), Doria desembarca em Nagoya para visita ao museu e à fábrica da Toyota, onde deve se encontrar com o CEO da Toyota para América Latina, Massahiro Inoue, e Rafael Chang. A expectativa é que durante o encontro seja anunciado um novo investimento da montadora em São Paulo.

Na  sexta-feira (20), quarto e último dia da missão, a comitiva de São  Paulo participa do seminário Business Opportunities in the State of São  Paulo (Oportunidades de Negócios no Estado de São Paulo), em Tóquio.

O seminário será realizado na Federação das Indústrias do Japão e tem  como público-alvo empresas já instaladas no estado de São Paulo que desejam ampliar  investimentos ou empresas que queiram ingressar no mercado paulista.

A reunião que encerra a viagem do Governador ao Japão será com o Vice-Presidente da Nippon Steel Corporation, Katsuhiro Miyamoto, para a apresentação dos 12 polos de desenvolvimento econômico do estado de São Paulo.

* Com informações do Governo do Estado de São Paulo

Veja também: