Atualização 21/08 - O Presidente Bolsonaro confirmou hoje (21) que o Programa de Auxílio Emergencial será estendido até dezembro de 2020. A expectativa é que os valores das parcelas sejam divulgados na terça-feira (25).

O Ministro do Desenvolvimento Regional, Rogério Marinho, adiantou que o novo programa será operado pela Caixa Econômica Federal e que haverá redução de taxas e juros cobrados dos mutuários.

O Ministro não forneceu outros detalhes sobre o programa.

Marinho assumiu o ministério em fevereiro com a missão de reformular o Minha Casa Minha Vida, principal política habitacional do governo federal. No atual formato, quem é contemplado, em qualquer das faixas do programa, recebe o imóvel pronto da construtora.

Uma das propostas que estava em estudo pelo governo era o beneficiário ter alguma liberdade de decisão na construção do imóvel.

Em outra frente de ação, o governo pretende apoiar os municípios para a regularização fundiária – cerca de metade da população brasileira estaria morando em imóveis sem escritura pública.

* Com informações da Agência Brasil

Veja também: