A Resolução nº 950 do Conselho Deliberativo do Fundo de Amparo ao Trabalhador (Codefat), publicada nesta terça-feira (7) no Diário Oficial da União (DOU), prorroga por dois meses, em caráter excepcional, a concessão do Seguro-Desemprego aos trabalhadores demitidos por empregadores com domicílio nos municípios declarados pelo Ministério do Desenvolvimento Regional em situação de emergência, nos Estados de Alagoas e Pernambuco.

As chuvas em Pernambuco deixaram mais de 125 mortos na região metropolitana de Recife. O número de pessoas desabrigadas passa de 11 mil.

O Seguro-Desemprego visa garantir uma assistência financeira temporária ao trabalhador dispensado sem justa causa. O pagamento varia de três a cinco parcelas, com o valor mínimo de um salário-mínimo.

* Com informações do Ministério do Trabalho e Previdência