Conte disse a repórteres que as medidas adotadas em grande parte do norte não eram mais suficientes e que terão que ser ampliadas e estendidas a todo o país.

"Os números nos dizem que estamos tendo um crescimento importante nas infecções, das pessoas hospitalizadas em terapia intensiva e sub-intensiva e, infelizmente, também das pessoas falecidas. Nossos hábitos, portanto, precisam ser mudados. Eles precisam ser mudados agora. Decidi tomar medidas ainda mais rigorosas e mais fortes imediatamente", disse Conte. "Estou prestes a assinar uma medida que podemos resumir como "eu fico em casa". Não haverá mais uma zona vermelha na península. A Itália será uma área protegida".

Conte destacou que "uma limitação do transporte público não está na agenda, para garantir a continuidade do sistema de produção e permitir que as pessoas trabalhem". O esclarecimento ocorre após um dia dramático na bolsa de Milão, que perdeu mais de 11 pontos, na pior sessão desde o dia do referendo do Brexit.

As novas medidas contra a propagação do novo coronavírus valem para toda a Itália e entram em vigor a partir desta terça-feira (10):

  • Circulação de pessoas entre cidades fica restrita a motivos relacionados a trabalho ou saúde. Com a restrição, pessoas que precisem viajar de uma cidade para outra deverão ter um documento justificando o deslocamento. As autoridades italianas poderão verificar os documentos, segundo o jornal Corriere della Sera.
  • Proibição de reuniões públicas, inclusive cerimônias religiosas como missas, funerais e casamentos
  • Os bares e restaurantes em toda a Itália terão que fechar após as 18h00. Durante o horário de funcionamento, eles deverão manter a obrigação de distância de um metro entre clientes, caso contrário a atividade será suspensa.
  • Fechamento de discotecas, salas de jogos e salas de bingo.
  • As escolas em toda a Itália serão fechadas até 3 de abril. As aulas das universidades também estão suspensas.
  • Fechamento de museus, academias, piscinas, teatros, cinemas, centros sociais e culturais.
  • Interrupção de concursos públicos, com exceção dos profissionais de saúde.
  • Todos os eventos esportivos, em toda a Itália, estão suspensos. Conte confirmou que o campeonato de futebol da Série A também será suspenso. "Não há razão para que os eventos esportivos continuem".
  • O acesso de familiares e visitantes a hospitais, instalações residenciais para idosos, pronto-socorros é "limitado aos casos indicados pelo gerenciamento de saúde da unidade", que é "necessário para tomar as medidas necessárias para evitar uma possível transmissão de infecção".
  • As atividades comerciais devem respeitar a distância de um metro para os clientes: se falharem por razões estruturais, terão que ser fechadas. As estruturas de vendas médias e grandes, bem como as lojas dentro dos shopping centers e mercados, serão fechadas nas vésperas de feriados e nos feriados. Também será recomendado limitar o acesso a lojas, mercados e feiras para evitar agrupamentos.

Dados divulgados nesta segunda-feira pelas autoridades italianas mostram 463 mortes pelo vírus e 9.200 casos confirmados de pessoas infeccionadas pelo novo coronavírus, com 73o pacientes internados em UTIs.

O Diretor-Geral da Organização Mundial da Saúde (OMS), Tedros Adhanom Ghebreyesus, disse que a ameaça de uma pandemia de coronavírus se tornou real.

"Estamos encorajados pela Itália estar tomando medidas agressivas para conter sua epidemia e esperamos que essas medidas se mostrem eficazes nos próximos dias", disse.

Viagens aéreas

A Alitalia anunciou a suspensão de voos domésticos e internacionais no aeroporto de Milão.

A Latam, que opera sete voos semanais entre Guarulhos e Milão, está facilitando a remarcação, reembolso e oferecendo outras opções de voo aos clientes atingidos.

Os voos que tem Roma como origem ou destino não foram afetados.

Ao menos 16 países da Europa e da Ásia já estabeleceram restrições totais ou parciais para voos e passageiros provenientes ou que fizeram conexão na Itália nos últimos dias.

* Com informações da Agência Brasil, Corriere della Sera

Veja também: