O mês de novembro voltará a ser brindado com o glamour do  Festival de Brasília do Cinema Brasileiro. A 52ª edição da mostra  retomará tradições e pretende resgatar o clima de competição com uma  premiação para as melhores produções.

Serão 14 categorias e um total de R$250 mil pagos em prêmios.  Serão as maiores premiações do cinema Brasileiro este ano.

A  expectativa é que a mostra receba em torno de 700 inscrições, que nessa  edição estão mais simples: basta enviar o link de onde está armazenada a produção e a responsabilidade de baixar e distribuir os filmes será da própria organização.

Os interessados têm até o dia 13 de setembro para validar a participação no evento.

O  coordenador geral do Festival – Francisco Almeida – disse que para este  ano, o planejamento é devolver ao festival um pouco da elegância do  evento.

Ao todo, serão investidos R$2,4 milhões do orçamento público.

Paralelo  a isso, a Secretaria de Cultura está realizando um processo de captação  de verbas junto a empresas para aumentar o valor investido.

O  Secretário de Cultura do Distrito Federal, Adão Cândido, comenta um  pouco dos esforços feitos para aumentar esses investimentos.

A previsão é de que o Festival aconteça do dia 22 de novembro a 1º de dezembro.

A  programação pretende incluir uma masterclass com um diretor de renome  internacional, oficinas, atividades e rodas de debates sobre o espaço de  mercado – tudo ainda em processo de definição.

Outra  novidade para este ano – e que ainda depende de organização - é a venda  online de ingressos – uma alternativa que, ser for viabilizada, poderá  evitar longas filas.