O número de robôs industriais instalados nas fábricas atingiu cerca de 3 milhões de unidades em todo o mundo em 2020 – mais do que dobrando em dez anos.

“Os governos enfrentam a necessidade de atualizar suas políticas de educação. A qualificação para programar e usar um robô é uma habilidade essencial exigida dos trabalhadores antes mesmo de entrarem em um trabalho na fábrica”, afirma Milton Guerry, Presidente da Federação Internacional de Robótica (IFR).

“Automatizar tarefas monótonas, sujas e perigosas está mudando para melhor os perfis de trabalho dos operários”, observa Guerry.

O Preside da IFR aponta que as academias administradas por fabricantes desempenham importante papel em tornar essa transição possível.

"Os fabricantes de robôs são os melhores parceiros possíveis, fornecendo as habilidades certas necessárias para trabalhar com sistemas de automação inteligentes”, defende Guerry

A Federação levantou junto a três fabricantes como o treinamento em robótica molda a educação da força de trabalho atual e futura, aprimorando o desenvolvimento de habilidades para os funcionários.

Gerhard Müller, vice-presidente de atendimento ao cliente global da KUKA, lembrou que a indústria automotiva tradicionalmente desempenha um papel de liderança na qualificação dos trabalhadores para o uso da robótica.

“A Volkswagen, por exemplo, decidiu hospedar uma de nossas faculdades KUKA diretamente em sua fábrica-sede em Wolfsburg, Alemanha. Começamos com o treinamento básico para pessoas que nunca usaram um robô. Para profissionais, oferecemos cerca de 70 módulos diferentes, que vão desde a operação básica e programação até o comissionamento complexo de sistemas inteiros de robôs", disse Müller.

Alexander Bongart, Diretor da FANUC Academy Alemanha, também ressaltou a contribuição do setor na qualificação de trabalhadores para uso de robôs.

“Os programas de treinamento estabelecidos por fabricantes internacionais de robôs fornecem habilidades essenciais para o local de trabalho industrial do futuro”, disse.

“O que os participantes aprendem em nossa escola sede perto do Monte Fuji, no Japão, é o que eles também obtêm em nossas escolas de treinamento estabelecidas nos Estados Unidos, Europa ou China".

"Os certificados de robótica para trabalhadores são válidos em todo o mundo e qualificam para novas oportunidades de carreira", enfatizou Bongart, e "não se limita aos usuários clássicos de robótica e automação, como a indústria automobilística, mas também é válido para pequenas e médias empresas de uma ampla variedade de ramos”.

À medida que mais indústrias avançam em direção à automação, o treinamento em robótica também se torna parte da educação pública nos EUA, Europa e Ásia.

“Na China, por exemplo, a cooperação da ABB Robotics com escolas vocacionais data de 12 anos atrás”, disse Arno Strotgen da área de negócios de Robótica e Automação Discreta da ABB.

“Hoje, 700 escolas profissionalizantes fazem parte do projeto. Usamos robôs industriais em nossos treinamentos e fornecemos 1.000 novos robôs a cada ano, somente para a China. Ao mesmo tempo, software de simulação e realidade aumentada abrem novas formas de ensino. Os dias em que todos precisavam ser engenheiros para lidar com um robô, definitivamente acabaram”, disse Strotgen.

IERA award 2021

O Prêmio de Inovação e Empreendedorismo em Robótica e Automação (IERA) foi concedido em 2021 para a tecnologia PixelPaint da ABB.

A tecnologia elimina o excesso de pulverização utilizando dois robôs que tornam a pintura industrial de automóveis mais rápida, econômica e flexível.

ABB PixelPaint 3D - O futuro das pinturas personalizadas © ABB Robotics
ABB PixelPaint 3D - O futuro das pinturas personalizadas © ABB Robotics

No passado, 20 a 30 por cento da tinta era desperdiçada devido ao excesso de pulverização. Em contraste, o cabeçote de jato de tinta da PixelPaint aplica 100% da tinta na superfície do veículo.

A tecnologia também aumenta a eficácia da pintura personalizada ou com dois tons, aplicados em uma única passagem – anteriormente o veículo precisava passar duas vezes pela linha de pintura.

* Com informações da International Federation of Robotics (IFR)

Veja também: