O ritmo da campanha de vacinação nos EUA diminuiu do pico de sete dias de 3,4 milhões de doses por dia em abril para 1,2 milhão na última semana, colocando em risco a meta do governo de administrar pelo menos uma dose a 70% de todos os adultos do país até o Dia da Independência, em 4 de julho.

Até o momento, quase 65% da população adulta dos Estados Unidos foi vacinada.

Dezesseis Estados e o Distrito de Columbia já vacinaram mais de 70% da população apta à imunização.

Na terça-feira (15), ao anunciar que New York alcançou seu marco de vacinação parcial de 70% em adultos, o Governador Andrew Cuomo removeu as restrições impostas pelo Estado em ambientes comerciais e sociais com efeito imediato.

É uma oportunidade de "retornar à vida como a conhecemos", disse Cuomo.

Os estabelecimentos podem impor padrões mais rígidos, mas as ordens executivas que ordenaram as restrições foram retiradas.
Os estabelecimentos podem impor padrões mais rígidos, mas as ordens executivas que ordenaram as restrições foram retiradas. Reprodução: Cuomo/rede social

As restrições de capacidade, regras de distanciamento social, protocolos de limpeza, exames de saúde e requisitos de rastreamento de contato se tornarão opcionais para a maioria dos lugares, incluindo lojas de varejo, restaurantes, escritórios e academias.

De acordo com as diretrizes dos Centros de Controle e Prevenção de Doenças (CDC), algumas restrições permanecerão em vigor em grandes locais, escolas, hospitais e lares de idosos, e máscaras ainda serão exigidas para pessoas não vacinadas e em certas situações, incluindo o transporte de massa.

* Com informações do Financial Times

Veja também: