Apesar do alto volume de emissões em dezembro, a dívida ficou dentro dos limites estabelecidos pelo Plano Anual de Financiamento (PAF) de 2021.

A Dívida Pública Mobiliária Federal interna (DPMFi) teve o estoque ampliado em 2,22% em dezembro, passando de R$ 5,233 trilhões para R$ 5,349 trilhões.

A Dívida Pública Federal Externa (DPFe) caiu 0,59% no último mês de 2021, encerrando o ano em R$ 264,72 bilhões – R$ 228,60 bilhões em títulos soberanos em moeda estrangeira e R$ 20,77 bilhões em captações junto a bancos e organismos internacionais.

Em dezembro, os maiores detentores da dívida pública foram as instituições financeiras (29,5%), fundos de investimento (24%), fundos de previdência (22%) e investidores estrangeiros (10,5%).

Veja também: