O Conselheiro Dimas Ramalho assumiu nesta terça-feira (1º) o cargo de Presidente do Tribunal de Contas do Estado de São Paulo (TCESP), em substituição à Conselheira Cristiana de Castro Moraes.

Também tomou posse, como Corregedor, o Conselheiro Renato Martins Costa.

O novo Presidente afirmou que buscará um Tribunal de Contas indutor de políticas públicas, assumiu o compromisso de promover o desenvolvimento sustentável em ações internas e externas e disse que a Corte cobrará a Administração Pública por serviços e oportunidades à população que vive em situação de pobreza.

“Um indutor encoraja e provoca, inspira e impulsiona. Por oposição, ele não conduz nem executa por si próprio”, afirmou Dimas Ramalho. “Estou convencido que o fortalecimento do Tribunal de Contas passa pela adoção dessa chave estratégica, de enxergar-se e colocar-se para a sociedade como indutor de políticas públicas”.

Eleito durante a 1ª Sessão Especial do Pleno, em dezembro, Dimas Ramalho ocupa a Presidência da Corte de Contas pela segunda vez, tendo respondido pela função também no ano de 2016.

Veja também: