A Caixa Econômica Federal (CEF) estima que financiará despesas cartoriais e impostos em torno de R$ 2,5 bilhões neste ano e R$ 5 bilhões em 2021.

Segundo dados apresentados pelo Presidente da Caixa, Pedro Guimarães, no primeiro semestre foram contratados R$ 48 bilhões em financiamentos imobiliários do banco, ante R$ 40 bilhões no mesmo período do ano passado.

Guimarães apontou a carência de seis meses para o início do pagamento em novos contratos como uma das razões para o crescimento. Desde abril, a Caixa fechou 3 mil contratos em um programa piloto para testar o novo modelo.

A Caixa também anunciou medidas de alívio para as construtoras, incluindo a flexibilização de exigências e a utilização de recebíveis para o pagamento de encargos ligados aos empreendimentos.

* Com informações da Caixa Econômica Federal

Veja também:

Leitura recomendada: