Apenas entre os dias 8 de novembro e 5 de dezembro foram vendidos 5,7 milhões de livros, somando R$ 217 milhões de receita – alta de 30,5% em volume e 32,5% de faturamento comparados às vendas da Black Friday do ano passado.

Esses dados, coletados diretamente do caixa das livrarias, comércio eletrônico e varejistas colaboradores, constam da pesquisa Painel do Varejo de Livros no Brasil, da Nielsen BookScan, divulgada nesta segunda-feira (27) pelo Sindicato Nacional dos Editores de Livros (SNEL).

O levantamento do 12º período deste ano aponta também um aumento de 11% no número de títulos publicados frente a 2020.

Segundo o SNEL, a ampliação dos catálogos das editoras mostra que os consumidores estão em busca de novidades, o que confirma o crescimento do hábito da leitura no Brasil.

Veja também: