A Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) informou, nesta segunda-feira (3), que os contratos totalizaram 1,3 bilhão de litros de biodiesel para entrega no primeiro bimestre deste ano.

O volume negociado diretamente entre distribuidoras e produtores é cerca de 50% superior à demanda estimada de biodiesel para o período, utilizado na mistura obrigatória ao óleo diesel.

“A contratação acima da demanda estimada demonstra o sucesso do novo modelo de comercialização já no primeiro bimestre de sua vigência, com a adesão maciça dos distribuidores de combustíveis e dos produtores, garantindo o abastecimento ao consumidor final em todo o território nacional”, diz a ANP.

Seguindo as diretrizes da Resolução CNPE nº 14/2020, a partir de 1º de janeiro a comercialização de biodiesel para fins de atendimento ao percentual obrigatório (Lei nº 13.033/2014) passou a ocorrer por meio de contratos validados pela ANP ou por meio de transações no mercado à vista (spot market).

* Com informações da ANP

Veja também: