Pioneira de medidas drásticas que mais tarde seriam implementadas por governos que adotaram estratégias de contenção e confinamento, Wuhan, uma cidade com cerca de 11 milhões de habitantes, foi colocada sob bloqueio (lockdown) imposto pelo Governo Chinês em 23 de janeiro, com todos os vôos, trens e ônibus cancelados e as entradas das rodovias bloqueadas.

Outras cidades da província de Hubei seguiram o exemplo, adotando restrições semelhantes, afetando mais de 60 milhões de residentes.

A taxa de mortalidade em Wuhan alcançou 12% quando seus hospitais ficaram sobrecarregados.

A partir de quarta-feira (25), residentes em Hubei, com exceção de Wuhan, terão permissão para deixar a província se tiverem um código verde em seus celulares, informou o governo da província de Hubei em mensagem postada em rede social.

O governo de Hubei ordenou a todos os residentes que instalem um aplicativo que atua como um indicador do estado de saúde.

As cores são atribuídas de acordo com o banco de dados de controle epidêmico da província: pessoas diagnosticadas como casos confirmados, suspeitos ou assintomáticos ou pessoas com febre receberão o código de cor vermelha; seus contatos próximos receberão o código amarelo; e as pessoas sem nenhum registro no banco de dados receberão o código verde –  provavelmente saudáveis e seguras para viajar e as únicas que poderão sair da província.

O governo disse que em 15 dias (8 de abril) a redução das restrições poderá ser estendida a Wuhan, e os residentes com código verde poderão sair da cidade e da província.

O Partido Comunista Chinês (PCC) não informou o número de pessoas com código verde, amarelo ou vermelho.

Wuhan permanece em confinamento total. Não há tráfego nas ruas.

Os residentes, exceto os que retornaram ao trabalho, ainda não têm permissão para deixar seus conjuntos residenciais, e os supermercados continuam fechados.

Os residentes de Wuhan precisam confiar nos comitês de bairro para adquirir mantimentos, que fazem compras em grupo de necessidades diárias, geralmente a um preço mais alto.

O anúncio do governo da província de Hubei não abordou quando o confinamento das comunidades residenciais em Wuhan será suspenso.

* Com informações da CNN, CNBC, IstoÉ