Não haverá novo cadastro. Os beneficiários que receberam as parcelas anteriores e que cumprem os requisitos vão receber as parcelas extras.

O Presidente da Caixa, Pedro Guimarães, disse que o calendário divulgado é final.

"Nós não esperamos uma antecipação [dos pagamentos]", disse Guimarães em entrevista coletiva.

Os pagamentos do auxílio para os beneficiários do Bolsa Família seguem o calendário regular do programa social e se iniciam no próximo dia 18.

Nas datas abaixo, os recursos estarão disponíveis apenas para o pagamento de contas, de boletos e para realização de compras por meio de cartão de débito virtual ou QR Code:
Nascidos em:5ª parcela6ª parcela7ª parcela
janeiro20/AGO21/SET20/OUT
fevereiro21/AGO22/SET21/OUT
março21/AGO23/SET22/OUT
abril22/AGO24/SET23/OUT
maio24/AGO25/SET23/OUT
junho25/AGO26/SET26/OUT
julho26/AGO28/SET27/OUT
agosto27/AGO29/SET28/OUT
setembro28/AGO30/SET29/OUT
outubro28/AGO01/OUT30/OUT
novembro29/AGO02/OUT30/OUT
dezembro31/AGO03/OUT31/OUT
Os recursos estarão disponíveis para saques, transferências bancárias e pagamentos por meio do PIX nas seguintes datas:
Nascidos em:5ª parcela6ª parcela7ª parcela
janeiro01/SET04/OUT01/NOV
fevereiro02/SET05/OUT03/NOV
março03/SET05/OUT04/NOV
abril06/SET06/OUT05/NOV
maio09/SET08/OUT09/NOV
junho10/SET11/OUT10/NOV
julho13/SET13/OUT11/NOV
agosto14/SET14/OUT12/NOV
setembro15/SET16/OUT16/NOV
outubro16/SET18/OUT17/NOV
novembro17/SET19/OUT18/NOV
dezembro20/SET19/OUT19/NOV

Bolsonaro disse que o pagamento do Auxílio Emergencial em 2021 foi necessário porque o país não voltou à normalidade. O programa acabaria em julho, mas foi prorrogado por mais três meses, até o início do Auxílio Brasil.

"O programa termina quando começar o Auxílio Brasil, em novembro. E já está acertado com a equipe econômica um aumento de, pelo menos, 50% em relação ao Bolsa Família", afirmou o Presidente.

O Ministro da Cidadania João Roma apresentou os valores pagos desde o início do programa. No ano passado, foram desembolsados R$ 294 bilhões. As quatro primeiras parcelas de 2021 consumiram R$ 44 bilhões. A prorrogação por três meses, até outubro, foi financiada com um crédito extraordinário de R$ 20,27 bilhões mais a utilização de um saldo remanescente de R$ 5,4 bilhões.

* Com informações do Ministério da Cidadania, CEF

Leitura recomendada:

Veja também: