No chamado home equity, o mutuário oferece imóvel próprio como garantia do empréstimo, reduzindo o risco do banco. A Caixa detém 30% de participação nesse mercado, estimado em US$ 2 bilhões no Brasil.

O Real Fácil Caixa permite ao mutuário escolher o sistema de amortização (SAC ou Price) e contratar o financiamento pela TR (taxa referencial), IPCA (Índice Nacional ao Consumidor Amplo) ou taxa fixa.

Os imóveis dados como garantia, residenciais ou comerciais, precisam estar livres de ônus. Fonte/Arte: © Caixa Econômica Federal
Os imóveis dados como garantia, residenciais ou comerciais, precisam estar livres de ônus. Fonte/Arte: © Caixa Econômica Federal

As novas condições e taxas de juros valem apenas para os novos contratos e estarão vigentes a partir da próxima segunda-feira (03).

Segundo o Presidente da Caixa, Pedro Guimarães, o banco tem a expectativa de emprestar US$ 8 bilhões nos próximos anos na modalidade home equity, um mercado de volume muito baixo no Brasil que a instituição financeira pretende aumentar dentro da proposta do banco de ser o maior no segmento imobiliário.

Lote Urbanizado e Construção Individual

Em 2019, a Caixa desembolsou R$ 3,6 bilhões para financiar pessoas físicas na compra de terrenos e posterior construção de imóvel – no primeiro semestre deste ano, os empréstimos já atingiram R$ 2,4 bilhões.

Atualmente, na linha com recursos do Sistema Brasileiro de Poupança e Empréstimo (SBPE), a Caixa cobra taxas menores para quem toma empréstimo para comprar um imóvel pronto do que para os que adquirem um lote para construir.

Depois de observar um aumento da procura por casas com quintal, espaço e proximidade com a natureza, sem aglomerações ou elevadores, a Caixa decidiu reduzir as taxas de juros dos empréstimos para pessoas físicas para aquisição de terrenos urbanos e para construção de unidades unifamiliares.

Na modalidade Lote Urbanizado, poderão ser financiados com taxas de juros reduzidas valores entre R$ 50 mil e R$ 1,5 milhão, com financiamento de até 70% da avaliação do valor do terreno e prazo de até 240 meses para pagamento.

Nas modalidades Aquisição de Terreno e Construção e Construção em Terreno Próprio, a Caixa também oferecerá o empréstimo com taxas menores.

As linhas de crédito estarão disponíveis para contratação sob as novas condições a partir da próxima segunda-feira (3).

* Com informações da Caixa Econômica Federal

Veja também: