Quem vê caras, também vê corações. É nisto que consiste o trabalho da francesa Délia de Carvalho, artista plástica residente em Guimarães, Portugal. As artes plásticas assumiram um papel preponderante em sua vida a partir de 1999 e, desde então, com várias exposições no seu currículo, a sua obra passa, nos últimos tempos, por  ler rostos e espalhá-los sobre papel, tela ou outro suporte que  encontrar. Mais do que retratos, ela pinta expressões do olhar, do corpo, da alma.

Nas obras, a artista manifesta a experiência emocional dos seus modelos,  afastando-os da sua realidade física. As figuras, por vezes, são cheias  de energia e têm um ar nervoso e informal e olham diretamente para o espectador com pose lasciva e até desafiadora. A sobrevalorização dos rostos provoca o olhar do observador e a intensidade é ainda maior  quando estão em grande escala.

Exposição: “Insônia”, da artista Délia de Carvalho
Data: De 12 de agosto a 4 de setembro de 2019
Horário: Das 9h às 17h
Local: Galeria Décimo - Anexo IV da Câmara
Entrada franca