A média é 50% superior à registrada há duas semanas (1.225) e 70% à de 30 dias atrás (1.085 óbitos).

No pico de 2020, em 25 de julho, o número de óbitos por covid foi de 1.095 pessoas.

A média móvel de sete dias da Fiocruz é calculada através da soma dos registros no dia e nos seis dias anteriores.

Segundo o boletim atualizado do Ministério da Saúde, o país registrou nesta terça-feira (16) 2.841 mortes por covid-19 em 24 horas. Os dados em geral são menores aos domingos e segundas-feiras pela menor quantidade de trabalhadores para fazer os novos registros de casos e mortes. Já às terças-feiras, eles tendem a ser maiores, recebendo o acúmulo dos dados não processados no fim de semana.

O número de mortes por covid-19 no Brasil soma 282.130 pessoas (1.330/milhão de habitantes). Em números absolutos, os Estados com maior número de óbitos notificados são:

  • São Paulo - 64.900 (1.400/milhão)
  • Rio de Janeiro - 34.450 (1.980/milhão)
  • Minas Gerais - 20.700 (970/milhão)
  • Rio Grande do Sul - 15.600 (1.370/milhão)
  • Paraná - 14.000 (1.230/milhão)

Atualização 18/03 - O Ministério da Saúde publicou a Portaria GM/MS nº 478 no Diário Oficial da União desta quarta-feira (18), autorizando a instalação em São Paulo de 1,6 mil novos leitos de UTI para adultos, e oito leitos pediátricos, destinados ao atendimento de pacientes infectados pelo vírus da covid-19.

Atualização 21/03 - Apesar de estar em uma fase mais restritiva, com toque de recolher e fechamento de comércio, o Estado de São Paulo enfrentou a sua pior semana epidemiológica desde o início da pandemia.

Na 11ª Semana Epidemiológica, entre os dias 14 e 20 de março, o Estado registrou 3.449 novas mortes por covid, média móvel de 493 óbitos por dia face média de 364 mortes diárias na semana anterior.

Na terça-feira (16), o Estado somou 679 mortes. Nos últimos cinco dias, o número de óbitos diários foi superior a 600.

Até ontem, o Estado registrava 12 mil pacientes covid internados em estado muito grave, ocupando leitos de unidades de terapia intensiva (UTI).

* Com informações da Agência Brasil, IBGE

Veja também: