O Prefeito de Blumenau, Mário Hildebrandt, anunciou nesta segunda-feira (27) o cancelamento da Oktoberfest 2020.

"Não temos neste momento perspectiva e condição de fazer o Réveillon. Desde o início falávamos sobre isso, tanto as ações adiante, de que nós teríamos que ter condições técnicas. E nós não temos também essa condição técnica em relação à Oktoberfest. A Oktoberfest está cancelada em Blumenau", disse Hildebrandt.

A Oktoberfest Blumenau 2020, inicialmente prevista para o período de 7 a 25 de outubro, havia sido adiada em maio para os dias 11 a 29 de novembro, mas dependia da reavaliação da pandemia até agosto.

"Quando fizemos a prorrogação em maio, se trazia um cenário diferenciado. Sempre respeitamos todos os segmentos participantes", explicou o Prefeito. "Trabalhamos com eles, ouvimos as necessidades deles, mas neste momento, inclusive na reunião com a equipe da Saúde ontem, essa foi uma das ações primordiais para que a gente pudesse demonstrar para Blumenau que temos a condição clara que temos a companhia do coronavírus".

Criada em 1984, é a primeira vez que a festa não será realizada, impactando mais de 60 setores da economia da região.

"Se a gente olhar pelo lado econômico, o desejo de todos era manter. Se olhar pelo lado da tradição e da nossa cultura, daquilo que é a nossa superação, todos desejariam manter. Mas olhando pelo lado da vida não dá para manter" disse Mario Hildebrandt.

O Secretário de Turismo e Lazer, Marcelo Greuel, disse que muitas pessoas só se dariam conta da importância da festa para Blumenau quando ela não acontecesse.

"Seguramos até o último momento, mas as evidências foram claras. Eu sinto pelas bandas, pelos 6 mil empregos, pelo turismo, por hotéis, bares, restaurantes, pelos 800 músicos que têm uma vida ligada à Oktoberfest", lamentou Greuel.

* Com informações da NSC

Leitura recomendada:

Veja também: